16/03/2012

O Céu está em Chamas - Parte VI


Certa vez, ainda neste planeta, alguém me perguntou por que razão eu era uma pessoa tão difícil de lidar. E eu respondi apenas o seguinte: não sou uma pessoa difícil, o problema é que sou fácil demais. Esta é a verdadeira dificuldade em se entender um Homem sábio (sim, blasfemo contra mim mesmo, chamando-me de sábio. Talvez esta seja uma análise narcisista, porém, presumo, compreendo e aceito minha evolução intelectual, apesar desta estar sendo utilizada para escrever coisas sem importância como este tal “O Céu está em Chamas”. Quem, diabos, escreve uma besteira destas, e se acha bom o bastante).
E esta é a resposta meus amigos: nós dificultamos as coisas o tempo todo para nós mesmos. Devemos parar de sofrer por isto. Tudo é tão fácil, tão simples em sua realidade. Mas mesmo assim gostamos de dificultar, prestar desafios inúteis que não nos levam para lugar algum, e que por maioria nos bloqueiam. Ou seja: nós mesmos nos bloqueamos, impedimos nossa continuidade. E por fim choramos.

Ou também podemos resumir em outra frase bem simples, que explica muita coisa ao redor de nossa pequena e flagelada vida: ela é apenas, simplesmente, uma mulher.