05/10/2018

Sobre feminismo, discurso de ódio e desabafo



Eu gostaria e poderia começar este texto de várias maneiras: como um desabafo, um texto livre ou até mesmo um artigo técnico. São tantas as formas com as quais eu poderia abordar este assunto que, sinceramente, não consigo mais decidir sobre qual delas utilizar, pois parece que já me utilizei de todas e, mesmo assim, sempre ressurge a necessidade de escrever mais sobre este tema.
Ainda não consegui decidir por analisar todos os discursos de ódio de nossa contemporaneidade pelo prisma da polarização, como durante a Guerra Fria, a queda do muro de Berlin ou o fim da

24/07/2018

A falsificação do nada [verborragia]

A rotina de recomeçar, tentar de novo, do início, do zero. A realidade que nunca acaba de alguém que sempre busca pela tranquilidade, pela felicidade, e se pega imaginando que isso ainda existe. Nem tranquilidade, nem felicidade. A rotina é a realidade. E é volátil. É caótica. Não segue regras. É pela beleza de simplesmente ser e de se transformar. É ela que nos obriga. É ela que nos desacredita. É a esperança. E esta, a esperança que é sempre a única que morre, e não é de hoje.

Os dias passam e tudo o que existe é uma contagem regressiva que começou logo na concepção. Na fecundação. Quando um esperma sortudo e vencedor numa noite de carência e arrependimento encontrou calor num óvulo desatento. Assim começa o sofrimento. Não com o conhecimento da palavra, mas com o nascimento. E estamos aqui, agora, sendo melhores do que nunca num mundo cheio de pessoas melhores do que nunca repletas de cosias a ensinar, que em sua maioria todo mundo sabe.

É esse o detalhe que ninguém viu: todo mundo já sabe, mas ninguém faz questão de

19/07/2018

Sorteio Literário #2: Livro "Rebeca"

Nosso primeiro sorteio de exemplares do livro "Rebeca - alguns não pecam por nada" foi um sucesso tão grande que resolvemos realizar outro, agora com dois exemplares sorteados.
Mas, desta vez a coisa é diferente. Fizemos uma pergunta sobre liberdade sexual e as duas melhores respostas levarão um livro cada.


O sorteio está acontecendo diretamente no Instagram, e apenas por lá. Então, para participar, é necessário ter uma conta no Instagram e seguir o perfil @marcobuzetto, acessar a postagem do sorteio, ler as imagens com as regras e responder à pergunta (da imagem 4).

Pergunta: "Para você, o que significa Liberdade Sexual em uma sociedade egocêntrica"?



Este sorteio está sendo realizado novamente em parceria com o perfil da resenhista Maqueli Bosca, perfil @boscamaqueli.

Tédio e tentativa [verborragia]


Já fazia um tempo que eu não escrevia uma bobagem ou outra, alguma vontade, alguma ação, alguma experiência. Não que não tenha nada acontecendo de interessante, ou sei lá. Acho que tem acontecido muita coisa. Esse é o lance.

Em certo momento parece que tudo é absolutamente banal. Tudo vira rotina. Até as pessoas se tornam banais e parte da rotina. É cansativo. Olho ao redor e me dá vontade de apenas inspirar fundo e expirar bem devagar, com aquela cara de tédio.

E faço tudo isso com uma naturalidade deprimente e irritante.

Acho que vou para o inferno. Não depois de morrer. Deve estar mais interessante por lá agora; e aqui, chato como um céu branco sem prazer.

De repente sou eu. É parte de mim. Talvez uma grande parcela de culpa em toda essa chateação.

05/07/2018

Sorteio. Rebeca.

Está acontecendo agora, de 05 a 08 de julho, um sorteio de 5 exemplares do livro "Rebeca - alguns não pecam por nada". Para participar é só seguir meu perfil no Instagram @marcobuzetto, procurar a postagem (imagem) oficial do sorteio e seguir as informações na descrição.


O sorteio será realizado no perfil da @boscamaqueli no dia 08/07. Então, siga os dois perfis para não perder sua chance.

30/06/2018

Entrevista que não foi ao ar

No mês de maio, dia 23 (2018), um portal de notícias da cidade de Monte Alto e eu conversamos sobre algumas novidades minhas no universo literário. Este papo gerou uma entrevista com direito a troca de e-mails e tudo mais. Recebi o questionário, respondi a todas as perguntas, atrasei para lecionar (em uma das cidades onde leciono) e devolvi o conteúdo prontinho como de costume. Como era uma quarta-feira (e como sempre digo, “coisas estranhas acontecem às quartas-feiras”, parte I e parte II), imaginei que a entrevista iria ao ar no fim de semana próximo. Ledo engano.

Alguns dias depois, procurei a jornalista perguntando quando a entrevista iria ao ar, pois usaria a mesma como “chamada” para o lançamento do próximo livro e não queria perder o timing, e esta me informou que estava “esperando para postá-la no fim de semana, pois aos fins de semana o portal fica sem notícias...”, e esta entrevista [comigo] serviria para “preencher”. Ok, pensei.

Passado o fim de semana, nada. Entrei novamente em contato e não tive retorno. Compartilhei com a pessoa outra novidade (um mini metragem do qual participei a convite de um diretor e fotógrafo local, Danilo de Paula) e novamente não tive retorno. Então pensei “já que dei a entrevista e até agora nada, passados mais de 30 dias, porque não a publicar em meu site”?


Sendo assim, aí está (com atualizações de tempo no final do texto):

Entrevista na íntegra

29/06/2018

Collapse [filme]

No mês de maio tive o prazer de participar de um mini metragem criado pelo fotógrafo e diretor Danilo de Paula. Collapse conta uma história perturbada de alguém que, nitidamente, escolheu algumas ações erradas por conta de uma mente conturbada que, em algum momento, entra em colapso nervoso.



O resultado ficou simplesmente sensacional.



Agradeço ao Danilo pelo convite, e também ao Samuel pela participação e assistência.

Assista: