06/03/2013

Entrevista para o portal Monte Alto Agora

Marco Buzetto prepara lançamento de novo livro.

O escritor montealtense Marco Buzetto está preparando o lançamento de seu novo livro “Rebeca – Alguns não pecam por nada”, a ser realizado em março.
 
Capa de "Rebeca - alguns não pecam por nada!", 2013
O site Monte Alto Agora conversou com o escritor, que contou como foi a experiência de escrever o volume, o começo de seu trabalho literário e os próximos projetos. Confira a entrevista.

Monte Alto Agora - Você fez alguma faculdade que te deu embasamento para escrever livros ou é “autodidata”?
Marco Buzeto - Sou graduado em História e pós-graduado em Filosofia aplicada à Educação. Minha base é filosófica, desde minha adolescência, pois sempre optei por este tipo de leitura. Claro que isso refletiu diretamente no meu trabalho literário, que é bastante introspectivo, voltado ao ser humano, à sua psique, seus comportamentos etc. Porém, meus livros são bastante fáceis de serem lidos. Não são “pesados” demais. Prefiro não dificultar as coisas para o leitor.
 
Mas você continua lecionando?
Não. Estou fora das saldas de aula há um ano. Saí justamente para dar continuidade a minha carreira como escritor, o que eu já era antes de me tornar professor. Estou apenas voltando às origens. Quero continuar como escritor em tempo integral. Este é um trabalho sério, não é um hobby. As pessoas precisam compreender a importância a literatura em suas vidas, aceitarem o fato de que ser escritor também é uma profissão.
 
Quando começou a escrever? O que escreveu?
Comecei aos 14 anos. Uma peça de teatro chamada “Amor e Morte”. Porém, o primeiro livro escrevi apenas um ano depois, baseado na peça e com mesmo título. Cerca de 350 páginas. Esse livro foi publicado artesanalmente, distribuído ou vendido por valor simbólico. Trata-se de um romance que aborda a cultura do paganismo celta e as invasões romanas. Já nessa época o conteúdo era bastante histórico-cultural.
 
Banner 1 de divulgação do livro
Sobre “Rebeca”, qual é a inspiração, a temática? É real ou ficção?
“Rebeca – Alguns não pecam por nada”, é um livro de ficção, claro. Porém, como todo livro sincero, ele traz consigo experiências pessoais do escritor, vividas ou observadas por ele.

O livro conta a vida de Rebeca von Weisheit, uma mulher jovem, insatisfeita com a vida que leva, como a maioria das mulheres. Rebeca é alcoólatra, ninfomaníaca e viciada em reflexões filosóficas. Passa todo o livro em busca de respostas a perguntas como: “o que é a felicidade”?, “o que é e para que serve o amor”?, “o que motiva as pessoas”? etc. Foi inspirado na realidade nua, como ela é, mas pouco compreendida. Não é um livro “feminino”, porém, é fato que as mulheres se identificarão muito com a personagem (mesmo dizendo que não). É um livro muito atraente, muito sexy e ousado.
 
Você possui outros livros lançados?
Sim. Este lançamento é meu segundo livro oficial. Possuo uma publicação anterior chamada “Monte Alto, o aquário de sangue”, 2010. Trata-se de uma ficção que aborda comportamentos e críticas sociais. A trama aborda fatos comuns a todo tipo de cidade, principalmente interioranas. O título, com o nome da cidade, foi apenas para criar certo impacto local.
Possuo outros livros “publicados” de forma artesanal, distribuídos gratuitamente. Essa é uma prática que mantenho ainda hoje. Ensaios e contos em sua maioria.
 
Quando e onde serão os lançamentos?
O lançamento será na segunda quinzena de Março, sem data marcada ainda.
Um dos lançamentos será na sede da AGCIP, pois possui grande atividade cultural. Para os demais, estamos pensando na possibilidade de criar eventos em parceria com pubs da cidade. Mas não posso confirmar datas ainda, infelizmente. É só ficar de olho. Quem se interessar ficará sabendo das atividades.
 
Onde e por quanto os leitores podem comprar seu novo livro?
Em Monte Alto, nas bancas e também na sede da AGCIP, no centro da cidade. No entanto, as principais vendas têm foco na minha página oficial no Facebook, ou meu blog, onde se pode encomendar o livro.
O valor gira em torno de R$25; bastante acessível, pois quero contemplar os leitores locais e regionais, muito carinhosos com meu trabalho. Em cidades maiores, como Ribeirão Preto e Araraquara, por exemplo, o valor chega à casa dos R$30 , o que, na verdade, ainda é suficientemente barato para um livro. Lanço também em São Paulo e outra capitais pelo Brasil, junto a bate-papo e palestras que acompanham o lançamento.
 
Este é um livro independente, como o primeiro?
Sim. Porém, estou lançando pela editora Copacabana Books, de São Paulo, que possui uma marca já conhecida, apesar de ser uma editora nova, com menos de 10 anos, é bastante sólida e prestigiada.
 
Sobre os próximos passos, o que tem em mente?
Bom, na realidade temos material o suficiente para minimetragens e vídeo clipes sobre a vida de Rebeca. São temas variados que não abordam somente o conteúdo do livro. Dentro de um mês ou dois já estarão disponíveis nas redes sociais. E para o final do ano, estamos preparando um curtametragem baseado no livro, este ainda mais trabalhado. Tem muita coisa boa acontecendo. Com certeza o público irá gostar bastante de tudo, começando pelo o livro, é claro.
 
Você realizou, há pouco tempo, um ensaio fotográfico para a publicidade do livro, certo?
Sim. O ensaio “Alguns não pecam por nada” realizado em fevereiro. Tudo para alavancar a publicidade em torno do livro. Para o ensaio, convidei as modelos Stefania Gomes (Taiaçu) e Naiara Oliveira (Monte Alto), que estavam ótimas e conseguiram representar o que eu queria. Danilo de Paula foi o fotógrafo, que também atingiu minhas expectativas para o projeto; e a captação de imagem ficou a cargo do produtor audiovisual Felipe Cassavaro, com o qual estou produzindo os vídeos e curtametragens.
Temos também material impresso, banners e cartazes virtuais, produzidos pelo designer Karlinhus Mozzambani. Parte do material já pode ser encontrado no Facebook e em meus blogs; e já causaram bastante impacto e ótimos comentários por parte do público. Temos imagens e postagens sobre o livro com mais de 10 mil visualizações nos primeiros 20 minutos de publicidade. Isso é magnífico. Estamos todos muitos satisfeitos com todo o conceito novo que estamos criando em torno da literatura.
 
Marco, fique à vontade para finalizar a entrevista.
Agradeço a equipe do portal Monte Alto Agora, a você, Carla, pela entrevista; e também a todas as mídias da cidade e região que estão se mostrando cada vez mais interessadas por atividades culturais.
Um agradecimento especial a todos que estão trabalhando comigo para realização de mais um projeto; e claro, a todo público que compreende a necessidade que o ser humano possui pela leitura, que é importantíssima para o desenvolvimento de todos e de toda sociedade.
 
_____________
Para saber mais sobre Marco Buzetto, acesse sua
página oficial no Facebook e também seu blog pessoal

Para ver a matéria original no portal Monte Alto Agora, clique aqui.