01/08/2013

Mulher: A Maior Minoria - Parte VI

Pode parecer freudiano, mas não é essa a intenção. Para os Homens, a única diferença entre as mulheres mães e mulheres parceiras, é o ato do sexo. Não o sexo em si, mas o ato. Pois, enquanto criança, os sentimentos do homem pelo ser humano mãe são praticamente sexuais, o prazer do carinho, da dedicação, dos cuidados; o amor materno que satisfaz o Homem. Quando adulto, então, a única diferença da mãe para a parceira é a realização do sexo em si.
Com suas parceiras femininas, mães substitutas, os Homens podem transar, fazer coisas que enquanto criança suas mães não deixavam. Talvez, então, para os Homens, o sexo seja apenas uma reprodução do sexo que não tiveram com suas mães. Edipiano demais?


_________________
(continua na Parte VII)
Obs: Os textos "Mulher: A Maior Minoria" e "O Amor Está Morto", fazem parte do livro "O Céu está em Chamas" - Marco Buzetto